Professora chama vice-prefeito de “preto” e “aliciador” nas redes sociais

Por Redação em 03/04/2017 10:22


Cercado de embaraços jurídicos e até uma anulação de pleito, a escolha do prefeito e vice-prefeito do município de Guajará-Mirim continua sendo alvo de polêmicas, mesmo com a situação sendo resolvida nas urnas com eleição de Cícero Noronha (DEM) neste último domingo (2).

Agora, o prefeito eleito e seu vice, Davino Serrath, estão sendo alvos de racismo e homofobia nas redes sociais. O fato que mais chama atenção é que os ataques foram direcionados por pessoas de alto grau de instrução escolar.

No Facebook, uma professora da FIMCA (Faculdades Integradas Aparício Carvalho) identificada pelo nome de Linara Cavalcante, emitiu uma opinião pública onde ataca o vice-prefeito eleito o chamando-o de “preto”, “traficante” e “aliciador de menores”.

Já em outra publicação, promovida por um homem identificado pelo nome de Luan Cesar, o prefeito e o vice, foram adjetivados como “traficante” e “gay”.

linara2

Após anos de gestões conturbadas, a cidade de Guajará-Mirim, que possui um dos maiores potenciais turísticos do estado, vive um momento de frustração coletiva com a classe política, tanto que escolheram um nome que nunca havia assumido qualquer cargo político para a prefeitura.

Ainda não se sabe se os gestores eleitos irão acionar a justiça pra que as acusações e os acusadores sejam investigados pelas autoridades responsáveis por crimes pela internet.

Fonte : Rondoniaovivo

Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *