Madrasta mata enteado ao obrigá-lo a tomar banho escaldante como castigo

Por Redação em 21/11/2017 20:22


A madrasta Anne Ritchie, de 25 anos, foi condenada pela morte do enteado Austin Cooper de 4 anos. Ela teria obrigado o garoto a colocar suas pernas em uma água com a temperatura de quase 60 ºC.

Segundo Anne, ela tomou essa atitude como uma lição ao garoto. A madrasta o deixou cerca de 20 a 25 minutos na água e só parou quando percebeu que o menino estava com a pele soltando do corpo. O motivo pelo castigo não foi revelado.

De acordo com o promotor, ela estava brava por precisar tomar conta da criança enquanto o marido trabalhava.

Quando o pai chegou do trabalho não percebeu o que tinha acontecido. O garoto ficou no quarto até a manhã seguinte e sempre que chorava, Anna corria para silenciá-lo.

De acordo com o legista, o caso se trata de homicídio já que a criança morreu devido à perda de fluídos corporais, proveniente da queimadura. A madrasta foi condenada a 15 anos de prisão e desabafou ao descobrir a sentença: “Sinto profundamente o que aconteceu, e odeio que eu causei a ambas as famílias muita dor, tristeza, mágoas“, disse Ritchie.

Segundo a vó do garoto, ela sempre desconfiou de Anne e acredita que essa pena não seja suficiente para ela pagar pelo o que fez.

Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *