Homem é estuprado por duas mulheres ao pegar carona

Homem é estuprado por duas mulheres ao pegar carona

Um jovem de 25 anos, que não foi identificado, foi abusado sexualmente por duas mulheres na África do Sul após aceitar uma carona na província de Limpopo. Quem lê pela primeira vez pode até achar que se passa de uma mentira, porém as informações foram todas confirmadas pelo jornal britânico Daily Mail. Conforme os relatos divulgados, a vítima estaria ainda internada em um hospital em estado grave. Enquanto isso, descobriu-se que a dupla faz parte de uma quadrilha que estaria comercializando sêmen no mercado negro. O fato teria ocorrido ainda na quarta-feira (13).

A vítima estava andando por uma estrada em Polokwane, quando foi surpreendido pela dupla. As mulheres de meia-idade ofereceram uma carona, logo aceita pelo rapaz. De repente, a que estava no banco do carona pegou uma arma e apontou para o jovem, mandando que ele tomasse uma substância. Após ingerir o líquido desconhecido, as duas começaram ram a ação. Após estuprarem o homem, a dupla o largou em uma estrada da pequena cidade de Tzaneen.

Esse não é o primeiro caso que acontece no continente africano. Em julho, um professor de 39 anos foi sequestrado por três mulheres em uma parada de ônibus em Chitungwiza, no Zimbabué, que faz divisa com a província sul-africana. Assim como no caso de dezembro, as suspeitas doparam a vítima com uma substância desconhecida.

As autoridades locais investigam esse tipo de caso há algum tempo e informaram que trata-se de uma quadrilha que lucra com a venda de sêmen no mercado negro. Esse tipo de crime está sendo verificado nessa região da África desde 2011, quando os policiais encontraram em um ônibus 31 preservativos com o fluido corporal masculino. Na época, as autoridades acreditavam que se tratava de algum ritual religioso. Porém, foi descoberto qual era o destino da mercadoria. Até o momento, ao menos cinco casos foram noticiados mundialmente.

Todos os casos foram verificados em homens que estavam na estrada ou ainda em paradas de ônibus. O que facilitou para que as suspeitas aplicassem o golpe e depois o abuso.

Fonte : News 365

Comentarios