Uefa bane seis jogadores da seleção sub-21 de Malta por apostas

Uefa bane seis jogadores da seleção sub-21 de Malta por apostas

Investigação conduzida pela entidade visava os confrontos de Malta diante de Montenegro e República Checa, em março de 2016

AUefa anunciou nesta terça-feira punições a seis jogadores da seleção sub-21 de Malta por quebrarem as regras da entidade relacionadas a casos de apostas. Os incidentes aconteceram no ano retrasado e dois destes atletas foram banidos do futebol pelo resto de suas vidas.

A investigação conduzida pela Uefa visava os confrontos de Malta diante de Montenegro e República Checa, em março de 2016, pelas Eliminatórias para o Campeonato Europeu Sub-21. As partidas terminaram com derrotas maltesas, em casa, por 1 a 0 e 7 a 0, respectivamente.

A Uefa não detalhou a ligação dos jogadores com as apostas, mas explicou que Emanuel Briffa e Kyle Cesare foram banidos pelo resto da vida por agirem “de forma a exercer influência desleal ou indevida no curso e/ou no resultado de uma partida ou competição com objetivo de tirar vantagem para si próprio ou para terceiros”.

Já os outros quatro jogadores foram suspensos por “não informar a Uefa imediatamente e voluntariamente” sobre as propostas que receberam para manipular resultados. Samir Arab pegou dois anos de gancho; Ryan Camenzuli, um ano e meio; e Llywelyn Cremona e Luke Montebell, um ano cada.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comentarios