Atirador era aluno da escola em Suzano, dizem colegas

Segundo relato, ele não sofria bullying e há três dias avisou a colegas para ‘ficarem espertos’

Ao menos um dos dois atiradores responsáveis pela morte de seis alunos e duas funcionárias da Escola Estadual Raul Brasil, era aluno da unidade, que fica em Suzano, na região metropolitana de São Paulo, afirmaram estudantes do colégio.

Segundo relatou a VEJA um grupo de colegas em frente ao local, um dos rapazes estuda na sua sala de aula e há três dias avisou a colegas para “ficarem espertos”. Segundo esse mesmo jovem, que pulou o muro e fugiu no momento dos tiros, o atirador não sofria bullying e publicava fotos com armas nas redes sociais.

Dois atiradores abriram fogo dentro da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na manhã desta quarta-feira, 13. Ao todo, oito pessoas foram mortas, sendo seis alunos e duas funcionárias. Os dois atiradores se suicidaram. O crime aconteceu durante o intervalo entre aulas na escola.

Segundo o Governo de São Paulo, são 23 feridos, divididos entre seis unidades de saúde. Com os assassinos, foram encontrados arco e fecha, garrafas de coquetel molotov – arma química incendiária – e machadinhas. Segundo a coluna Radar, a os atiradores deixaram um “artefato suspeito” no local.

Fonte:Folhapress

Comentarios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here