Empresário apresenta ao prefeito Edilson Alencar e vereadores projeto para construção de frigorífico em Presidente Médici

Empreendimento tem custo orçado em R$ 13,8 milhões e poderá empregar até 300 funcionários

De acordo com o empresário, a unidade projetada para Presidente Médici, embora compacta, é um verdadeiro modelo de alta tecnologia e modernidade, com estrutura empresarial nos mesmos perfis de frigoríficos de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, por exemplo.  A expectativa é de que em sua primeira etapa sejam abatidas 300 cabeças de gado por dia, passando a acrescentar mais 200 cabeças em uma segunda etapa, já iniciando com o Selo de Inspeção Federal (SIF)  e visando a exportação da carne para todos os mercados consumidores no planeta. Com faturamento diário de R$ 750 mil a R$ 800 mil,  o empreendimento pode significar a redenção do município com a circulação de um grande volume de recursos no município, possibilitando seu crescimento em todas as áreas, aumentando o índice de repasse do FPM e propiciando empregos em diversos setores, uma vez que em sua fase inicial deverá empregar de 130 a 200 pessoas , podendo chegar a 300 empregos diretos na fase de exportação.

A ESTRUTURA

De acordo com José Alceu,  diretor e consultor da Projac Consultoria e Projetos Industrias, empresa especializada em construção de frigoríficos em vários pontos do Brasil e fora dele também, a unidade projetada para o município é modular, visando o crescimento das instalações gradativamente. Inicialmente seriam 4820 metros quadrados com áreas destinadas a administração, almoxarifado, currais, lagoa, indústria em dois níveis ( abate e miúdos, que são processados em ambientes diferentes), desossa, congelamento, embalagem, expedição, entre outros. “A Projac já desenvolveu todo o projeto a pedido do Ítalo e estamos confiantes de que Médici sediará uma empresa de ponta” afirmou Alceu, presente ao encontro como parte da comitiva do empresário.

O frigorífico irá atuar com tecnologia de resíduo zero, ou seja, tudo o que é gerado no local será reutilizado em sua totalidade, propiciando renda para a própria unidade. “Desde o tratamento do couro, aos ossos com a fabricação de farinha, e por aí vai” explicou Ítalo.

O projeto de execução prevê um prazo de 12 a 15 meses e será erguido em uma área de 40 hectares, sendo que inicialmente serão utilizados 25 hectares. “Presidente Médici tem uma localização privilegiada, o que auxilia muito na logística para o transporte das cargas, um grande rebanho isso sem contar o fato de acreditarmos, muito, no potencial do município.  O prefeito Edilson Alencar é um amigo de longa data e há um bom tempo conversamos sobre esse assunto. Creio que chegou a hora de darmos vida a ele”, disse o empresário.

PRÓXIMOS PASSOS

O chefe do Executivo Municipal garantiu que, dentro do possível e da legalidade, a Prefeitura é total parceira do empreendimento que, com certeza, também necessitará de apoio do Estado e que já conta com a garantia de auxílio vinda do deputado Laerte Gomes. “Tenho absoluta certeza de que tanto o Executivo como o Legislativo locais são unânimes em prestigiar este projeto que significará um novo tempo para Presidente Médici”, finalizou o prefeito Edilson Alencar, já de posse dos documentos iniciais para dar andamento ao processo

FONTE: ASSESSORIA

Comentarios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here