Escândalo: Cantor gospel se nega a fazer show por faltar R$900 reais no cachê

Ele já havia recebido mais de 90% do valor

O cantor gospel J. Neto parece estar vivendo uma faze negativa em sua carreira. Depois de não cumprir uma agenda por estar embriagado, (Segundo um pastor) o cantor agora se negou a subir ao palco por faltar R$900 reais no cachê combinado.

O caso aconteceu na cidade de Alto do Rodrigues, no interior do Rio Grande do Norte. Na noite da última Sexta Feira (11), J. Neto se apresentaria em um evento em homenagem ao dia das mães, promovido  por uma lanchonete local.

O valor acordado seria R$5.000,00 (Cinco mil reais), e segundo a organização do evento, o cantor havia recebido R$4.100,00 (Quatro mil e cem reais). Os outros R$900, seriam pagos no local.

O problema é que, apenas cerca de 100 pessoas compareceram ao evento, o que acabou inviabilizando a arrecadação do restante do valor.

Além disso, J. Neto teria se negado a subir ao palco, também pelo fato de haverem poucas pessoas na plateia, esse teria sido um dos motivos para ele, em um ato de estrelismo, dar de ombros e se negar a cantar.

J.Neto divulgou o evento em sua página no Facebook

Depois de uma discussão, o idealizador do evento, Wellington Souza, subiu ao palco e explicou que o cantor não se apresentaria.

Ele também falou os motivos e disse que, além de ter pagou cerca de 90% do valor, também havia tido gastos enormes de alimentação, passagens aéreas, táxi, hotel, e mesmo assim o cantor havia feito esse desfeita.

Algumas das poucas pessoas que estavam presente no local, subiram ao palco e prestaram solidariedade a Wellington, eles se prontificaram a quebrar os discos que guardavam com tanto cuidado e zelo, quando lembraram que eram fãs do trabalho de J. Neto.

No fim, os cantores que fariam participações se apresentaram normalmente, mas J. Neto foi embora, sem dar o ar da graça.

O FUXICO GOSPEL

Comentarios

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here