Mulher é internada com cocaína no estômago

Após funcionários da equipe médica do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) encontrarem 15 trouxinhas de cocaína no estômago de uma mulher de 54 anos, a Polícia Civil deu início à apuração de um esquema internacional de tráfico de drogas. A paciente deu entrada na unidade de saúde na tarde desta sexta-feira (24/8), com sintomas de overdose, ao passar mal devido aos efeitos do entorpecente.

No local, ela recebeu laxante e passou por um procedimento de lavagem intestinal para expelir as cápsulas que havia ingerido. A equipe responsável pelo socorro inicial levou os investigadores até o local do atendimento, um hotel no Núcleo Bandeirante, onde a suspeita estava hospedada.

A mulher, uma brasileira identificada como Nelsa, dividia o quarto com duas pessoas naturais do Suriname, país sul-americano que faz divisa com o Pará. No hotel, estavam os passaportes das três. Também havia no quarto vários comprovantes de viagem, que indicariam o caminho da droga – o Distrito Federal é rota do tráfico internacional de cocaína.

Os registros mostram que as três mulheres estiveram em Campo Grande e Corumbá, no Mato Grosso do Sul, nesta semana, e teriam desembarcado nessa quinta-feira (23) em Brasília. Uma das suspeitas costuma viajar com frequência para a capital de Portugal, Lisboa, provável destino do entorpecente.

Até a última atualização desta reportagem, a mulher permanecia internada no Hran, sem condições de prestar depoimento, pois estava alucinando em virtude dos efeitos da cocaína.

METRÓPOLES

Comentarios

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here