Polícia resgata recém-nascida indígena que havia sido enterrada pela avó em MT, “VÍDEO.

Uma recém-nascida indígena, da etnia Kamayura, foi salvo por policiais após ter sido enterrado vivo na tarde desta terça-feira (5), na região de Canarana (837 km de Cuiabá). As informações são de que equipes da PM e da Polícia Civil receberam uma denúncia anônima de que um bebê teria sido enterrado pela própria avó em um terreno baldio.

Conforme relato, a criança indígena nasceu por volta das 16 horas e foi levada pela avó para ser enterrada com o consentimento da mãe.

As equipes de policiais encontraram o local onde a criança havia sido enterrada por volta das 21h. Ao começarem a escavar, identificaram que a menina ainda chorava.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu a bebê que foi encaminhada ao Hospital Regional Paulo Alemão, em Água Boa. O estado de saúde é estável e a criança apresenta apenas uma deficiência respiratória discreta e suspeita de fratura no crânio.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que o soldado da PM escava o local e retira o bebê com vida.

A mãe da criança relatou aos policiais que decidiu enterrar a bebê por acreditar que tinha nascido morta em um parto prematuro. Ela disse que não comunicou o caso porque trata-se de um costume da etnia.

Porém, a avó contou outra versão para a atitude. Segundo ela, o pai da criança se recusou a assumir a filha e já estava morando em outra aldeia com outra companheira. A avó falou que a etnia não permite que as mulheres sejam “mães solteiras”. Ela também temia que a filha também tentasse matar a criança.

Diante dos fatos, mãe e avó da criança foram detidas e encaminhadas a delegacia. A Polícia Civil ainda não informou quais as atitudes serão tomadas em relação ao caso.

Fonte: FOLHA MAX

Comentarios

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here