RONDÔNIA TÊM MENOS HOMICÍDIOS DO QUE NO ANO PASSADO; DIZ SESDEC

Há menos vítimas de homicídios desde o início de 2010.

No primeiro semestre de 2019, Rondônia apresenta menos homicídios do que no ano passado. Solução de crimes supera a média nacional com 75%. Diminuíram 33,34% os homicídios em Porto Velho, no comparativo entre os primeiros semestres de 2018 e 2019. Em Rondônia houve redução de 6,85%.

Nos primeiros seis meses do ano passado ocorreram 78 homicídios na capital, enquanto este ano eles totalizaram 52; no mesmo período, no estado todo, eles caíram de 219 para 204.

Os dados foram computados pela Gerência Estratégica de Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

Há menos vítimas de homicídios desde o início de 2010. Conforme as estatísticas, no primeiro semestre daquele ano foram praticados 278 crimes contra a vida no estado, e em igual período de 2019 eles somaram 204. Também nesta década, em Porto Velho eles diminuíram de 94 para 52.

“A atuação da PM muito auxiliou o combate à criminalidade, somando-se o uso de tecnologia e o direcionamento do policiamento para áreas apontadas como detentoras dos maiores índices”, comenta o secretário de segurança, coronel José Hélio Cysneiros Pachá.

A Sesdec utiliza moderno software de análise criminal que aponta locais, dias e horários mais frequentes de criminalidade, capacitando a polícia a predizer prováveis locais e tipos de crimes que poderão ocorrer.

“Com o uso da tecnologia avançada, a PM distribui melhor seus efetivos, aquilo que chamamos de policiamento voltado para o problema”, explicou o secretário de segurança.

Os números levantados pela Gerência de Estratégia de Inteligência também refletem a melhoria no funcionamento de unidades policiais especializadas exclusivamente no combate a crimes contra a vida na capital e no interior, notadamente nas regiões de Ariquemes, Cacoal, Ji-Paraná e Vilhena.

CRIMES DESVENDADOS

De 2014 para cá, a Delegacia de Homicídios obteve excelentes índices de resolução de crimes. Enquanto a média nacional é de 10%, Rondônia obtém 75%, embora já tenha alcançado entre 80% e 90%.

A Sesdec também inclui a fronteira Brasil-Bolívia (27 municípios na faixa de 150 quilômetros) no estado, entre as regiões prioritárias de atendimento à segurança pública.

Nessa região, trabalham atualmente 183 bombeiros militares, 36 servidores da Polícia Técnico Científica (Politec), 473 policiais civis e 1.169 policiais militares.

O efetivo geral do estado é de 732 bombeiros, 183 servidores da Politec, 2.042 policiais civis, e 4.771 policiais militares. No cômputo geral, a Sesdec tem 7.728 servidores.

 

Por Montezuma Cruz/secom

Comentarios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here