São João tem 61 feridos por agulhas

O São João 2018 de Campina Grande terminou com 61 pessoas atendidas no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande após relatarem terem sido vítimas de agressões com objetos perfurantes semelhantes a agulha. A informação foi divulgada pela assessoria do hospital na manhã desta segunda-feira (9). De acordo com a unidade de saúde, na madrugada desta segunda, mais três pessoas foram atendidas no hospital após sentirem as agulhadas, sendo dois homens e uma mulher.

Ao todo, 56 pessoas relataram ter sido agredidas no Parque do Povo e cinco em um bloco junino, desde o dia 9 de junho até este domingo (8), último dia do São João 2018 de Campina Grande. Das vítimas, 39 homens e 22 mulheres foram atendidas no hospital.

Os relatos começaram no dia 11 de junho deste ano, quando vítimas procuraram o Hospital de Trauma de Campina Grande alegando ou suspeitando que foram feridas por agulhadas. Algumas relataram que os ferimentos ocorreram enquanto estavam no Parque do Povo, na festa do São João 2018, e outras em um bloco junino que aconteceu no dia 3 de junho na cidade.

Depois das notificações, a Polícia Civil abriu um inquérito para investigação. Das pessoas que foram ouvidas pela polícia, segundo o delegado Henry Fábio, apenas duas relataram que sentiram o ferimento e em seguida viram um objeto semelhante à agulha. Até o dia 21 de junho, nenhum suspeito foi preso ou identificado.

Fonte: G1

Comentarios

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here