Empresária chama drive-thru para covid-19 de “tenda da safadeza” e pede a deputados parar com politicagem barata em Cacoal

Críticas respingaram no governador Marcos Rocha e o secretário estadual de saúde, Fernando Máximo



PostsRelacionados

Através da rede social Facebook, a empresária Luciane Alves dos Santos, conhecida como Lu do Orquidário, criticou o anúncio do drive-thru para testes rápidos em massa da covid-19 que será realizado neste sábado, 13, em Cacoal.

Ao mesmo tempo, chamou a campanha de saúde de “tenda da safadeza” e criticou os deputados estaduais Adailton Fúria e Cirone Deiró.


Para ela, os testes, que ocorrerá das 9h às 13h, no Espaço Alternativo Beira Rio, situado na Rua São Francisco, no bairro Industrial, não tem garantia de efetividade concreta, tendo como exemplo o que aconteceu no município de Ouro Preto, onde o prefeito determinou a suspensão dos testes após constatar vários casos de “falsos positivos”.



“É campanha safada e sem vergonha. Foram feitos vários testes rápidos dando positivos. Sábado vai acontecer a ‘tenda da safadeza’, colocando dois deputados dentro de uma tenda e traz 50 puxa-sacos para tirar foto e postar no Facebook”, disse.

Luciane pediu aos deputados Fúria e Deiró que parem com a politicagem “safada e barata”.

“Senhores deputados, do nosso município de Cacoal: os senhores são mais fraudulentos ainda, de concordar com uma safadeza dessa. Nós temos que fazer a nossa parte, de trabalhar e nos cuidar. Vocês deveriam estar preocupados em ter atendimento no Hospital Público. Mas isso não dá link e nem palmas no Facebook”, disparou.

Ela também chamou o governador Marcos Rocha de “fraude” e o secretário estadual de saúde, Fernando Máximo de “mais incompetente do que eu imaginava”.

FONTE:  Extra de Rondonia

 

>>> ASSISTA O VÍDEO ABAIXO:


Comente este post

tesdte

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.